D. Afonso Henriques

avaliação dos leitores (1 comentários)
(1 comentários)
ISBN: 9789722534994
Edição/reimpressão: 02-2018
Editor: 11 X 17
Código: 007823000384
Coleção: 11X17
ver detalhes do produto
8,00€ I
-10%
24H
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
COMPRAR
-10%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
8,00€ I
COMPRAR
I 10% DE DESCONTO EM CARTÃO
I Em stock - Envio 24H
I PORTES GRÁTIS

SINOPSE

«Este livro não é uma obra de investigação, mas de reflexão e divulgação. Não tem autoria de historiador, mas de cidadão. Não tem aspirações científicas, mas cívicas. E não pretende defender nenhuma tese sobre o magno problema dos fatores da formação de Portugal, nem tão-pouco retratar a história integral do País no século XII - mas apenas compreender, e dar a conhecer melhor, a ação do principal protagonista da nossa independência. Por isso tem o caráter de biografia.»
Ver Mais

COMENTÁRIOS DOS LEITORES

O Primeiro monarca
João Amado - Gerente de Loja Bertrand Coimbra-Rua | 2020-02-25
Este livro não pretende ser um livro de história, nem tão pouco o autor o classifica como tal. Este é um livro de um “cidadão curioso” pela acção que o nosso primeiro rei teve na conquista da independência, quer através do seu contexto bélico, quer essencialmente através de todas as relações políticas que este manteve com vários reinos europeus que levou a esse desfecho. Este é um livro sobre a vida de D. Afonso Henriques e como os que o rodearam tiveram influência decisiva nas suas tomadas de decisão.

DETALHES DO PRODUTO

D. Afonso Henriques
ISBN: 9789722534994
Edição/reimpressão: 02-2018
Editor: 11 X 17
Código: 007823000384
Coleção: 11X17
Idioma: Português
Dimensões: 108 x 168 x 12 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 264
Tipo de Produto: Livro
Diogo Freitas do Amaral foi uma figura nacional, conhecido como professor de Direito, político e escritor.
Nascido na Póvoa de Varzim, de família vimaranense, em 21 de julho de 1941, doutorou-se em 1967 e ascendeu a catedrático em 1984. Como fundador e primeiro presidente do CDS, foi um dos líderes dos quatro principais partidos políticos da Democracia portuguesa, em 1974 e anos seguintes. Foi conselheiro de Estado, Vice-Primeiro-Ministro, Primeiro Ministro interino, Ministro dos Negócios Estrangeiros (2 vezes) e Ministro da Defesa Nacional. No plano internacional, foi presidente da UEDC – União Europeia das Democracias Cristãs (1981-83) e presidente da Assembleia Geral da ONU (1995-96). De regresso a Portugal, foi co fundador e primeiro diretor da Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa.
Faleceu a 3 de outubro de 2019 e o País homenageou-o com honras militares, num reconhecimento sentido a um dos pais da Democracia portuguesa.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK