O Signo dos Quatro

O Signo dos Quatro

avaliação dos leitores (1 comentários)
(1 comentários)
ISBN: 9789722524520
Edição/reimpressão: 05-2012
Editor: 11 X 17
Código: 007823000171
Coleção: 11X17
ver detalhes do produto
6,00€ I
-10%
PORTES
GRÁTIS
COMPRAR
-10%
PORTES
GRÁTIS
6,00€ I
COMPRAR
I 10% DE DESCONTO EM CARTÃO
I Esgotado ou não disponível.
I PORTES GRÁTIS

SINOPSE

Nesta nova aventura de Sherlock Holmes, Mary Morston, uma jovem governanta, recorre aos serviços do detetive para tentar descobrir o que aconteceu ao seu pai, que alguns anos antes desaparecera sem deixar rasto após ter regressado da Índia. Estaria o seu desaparecimento relacionado com as valiosíssimas pérolas raras que um remetente desconhecido enviava anualmente à jovem Mary, uma de cada vez? Depressa Holmes e o seu fiel companheiro, o doutor Watson, veem-se a braços com um caso de contornos bizarros envolvendo um terrível assassinato e um fabuloso tesouro perdido. E o que significa «o signo dos quatro», a estranha inscrição encontrada junto do cadáver? Terá Sherlock Holmes encontrado por fim um inimigo capaz de o suplantar? Os acontecimentos sucedem-se a um ritmo vertiginoso, e o detetive vê-se forçado a embarcar numa corrida contra o tempo para capturar o criminoso antes que este desapareça para sempre.
Ver Mais

COMENTÁRIOS DOS LEITORES

Fantástico
Ana Azenha - Bertrand Foz Plaza | 2019-03-17
Conan Doyle não falha! Mais uma vez Sherlock mostra-se o detective mais inteligente de sempre. Um mistério que nos deixa vidrado até ao fim. Recomendo para qualquer idade (a partir dos 13), em qualquer lugar!

DETALHES DO PRODUTO

O Signo dos Quatro
ISBN: 9789722524520
Edição/reimpressão: 05-2012
Editor: 11 X 17
Código: 007823000171
Coleção: 11X17
Idioma: Português
Dimensões: 108 x 168 x 7 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 168
Tipo de Produto: Livro
Classificação Temática: Livros > Livros em Português > Literatura > Policial e Thriller
Médico e escritor escocês, nasceu a 22 de maio de 1859, em Edimburgo, e faleceu a 7 de julho de 1930. Notável contador de histórias, que concebia com grande poder imaginativo, tornou-se extremamente popular a partir da publicação da primeira aventura do detetive Sherlock Holmes, em 1887. Seguiram-se dezenas de histórias com Holmes como protagonista. Para além destas obras, Doyle publicou também narrativas históricas (como The White Company) e de ficção científica (como The Lost World).
Arthur Conan Doyle. In Infopédia [Em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2009.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK