Angola: As Ricas-Donas

Angola: As Ricas-Donas

O retrato de Angola no século XVII e das mulheres que a dominaram.
ISBN:9789722537452
Edição/reimpressão:03-2019
Editor:11 X 17
Código:007823000424
Coleção:11X17
ver detalhes do produto
9,00€
7,20€
-20%
24H
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
COMPRAR
-20%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
9,00€
7,20€
COMPRAR
I20% DE DESCONTO IMEDIATO
IEm stock - Envio 24H
IPORTES GRÁTIS

SINOPSE

Desde o século XVII, três constantes marcaram a história de Loanda: o tráfico transatlântico da escravatura, a deportação ou degredo de criminosos para Angola e a superioridade das famílias crioulas, ou lusodescendentes, às quais pertenciam as Ricas-Donas, e que eram praticamente as únicas detentoras daquele monopólio do tráfico de escravos.

As histórias destas mulheres entretecem-se com a história da cidade de Loanda e aqui desembocam neste romance que reinventa situações e acontecimentos que se convertem naquilo que teriam sido as suas vidas.
Ver Mais

DETALHES DO PRODUTO

Angola: As Ricas-Donas
ISBN:9789722537452
Edição/reimpressão:03-2019
Editor:11 X 17
Código:007823000424
Coleção:11X17
Idioma:Português
Dimensões:109 x 168 x 19 mm
Encadernação:Capa mole
Páginas:456
Tipo de Produto:Livro
Isabel Valadão nasceu em Lisboa mas foi para Angola em 1951, com seis anos de idade, tendo aí vivido até 1975, pouco antes de aquela antiga colónia portuguesa se tornar independente. Acompanhando os pais no seu périplo angolano, passou por diversas regiões, desde o Lobito a Malange, até se fixar em Luanda, cidade onde viveu a adolescência, casou e onde nasceram as suas duas filhas. Durante alguns anos foi analista química dos Serviços de Geologia e Minas em Luanda e secretária da revista angolana Notícia. Regressou a Portugal em 1976, depois de uma breve passagem pela África do Sul, onde a sua família se refugiou, na sequência dos graves acontecimentos que antecederam a independência de Angola. Viveu em Macau, regressando definitivamente a Portugal em 1986. Licenciou-se aos 49 anos, em História de Arte, na Faculdade de Letras da Universidade Clássica de Lisboa. Em privado, dedicou-se à investigação na área da Defesa e Conservação do Património, paralelamente à conservação e restauro de pintura.
Ver Mais

DO MESMO AUTOR

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK