A História de Lisey

A História de Lisey

ISBN:9789722534956
Edição/reimpressão:01-2018
Editor:11 X 17
Código:007823000383
Coleção:11X17
ver detalhes do produto
10,00€I
8,00€I
-20%
24H
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
COMPRAR
-20%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
10,00€I
8,00€I
COMPRAR
I20% DE DESCONTO IMEDIATO
IEm stock - Envio 24H
IPORTES GRÁTIS

SINOPSE

Há dois anos que Lisey perdeu o marido, Scott Landon, um romancista premiado e bem-sucedido, mas com uma personalidade muito complicada. Logo no início da sua relação, descobriu que havia um sítio para onde Scott ia - um sítio que o aterrorizava e o regenerava ao mesmo tempo, um local que podia consumi-lo ou dar-lhe as ideias de que precisava para viver. Durante os vinte e cinco anos em que estiveram casados, Lisey conviveu com os fantasmas que o atormentavam mas, agora que o marido morreu, cabe-lhe a ela enfrentar os demónios de Scott.

E o que começa por ser o esforço de uma viúva para organizar os trabalhos deixados pelo seu famoso marido depressa se transforma numa perigosa viagem às trevas em que ele vivia.
Ver Mais

DETALHES DO PRODUTO

A História de Lisey
ISBN:9789722534956
Edição/reimpressão:01-2018
Editor:11 X 17
Código:007823000383
Coleção:11X17
Idioma:Português
Dimensões:109 x 168 x 29 mm
Encadernação:Capa mole
Páginas:672
Tipo de Produto:Livro
Romancista norte-americano, Stephen King nasceu em 1947 em Portland, no Maine. Deu início aos seus estudos secundários na Lisbon Falls High School, onde começou a escrever contos, ao mesmo tempo que fazia parte de um grupo amador de rock. No ano de 1960, Stephen King submeteu o seu primeiro manuscrito para publicação, o qual seria rejeitado. Entretanto, editava o jornal do liceu, The Drum, e escrevia para o jornal local, o Lisbon Weekly Enterprise. Publicou o seu primeiro conto, In a Half-World of Terror, num fanzine de terror.

Em 1970, licenciou-se pela Universidade do Maine e, de 1971 a 1974, Stephen King deu aulas numa escola secundária, até ter publicado o seu primeiro romance, Carrie (1974), a história de uma rapariga com poderes telecinéticos. Atirou as primeiras páginas do trabalho ao lixo, mas foram resgatadas pela esposa, que o encorajou a continuar. A obra não teve senão um sucesso modesto, mas, depois da sua adaptação ao cinema e com a publicação do romance A Hora do Vampiro (1976), Stephen King conseguiu afirmar-se como um importante escritor.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK